E, contudo, elas movem-se!

Mulheres e ciência

Marinela Freitas

Ana Luísa Amaral

U.Porto Edições, 2019

Este é um pequeno livro com nomes, vida e poemas. Nomes de mulheres cientistas portuguesas, notas sobre a sua vida, imagens e palavras suas. E, a seu lado, palavras de poetas portugues@s contemporâne@s que as homenageiam ou homenageiam simplesmente o gesto mesmo de rebeldia que foi o de estas mulheres desafiarem e ultrapassarem os limites culturalmente associados ao seu sexo. Partindo da célebre exclamação que Galileu terá proferido perante o tribunal da Inquisição E pur, si muove!, pretende-se assim assinalar contributos das mulheres na área das Ciências, destacando o seu pioneirismo e sublinhando os obstáculos que elas tiveram de ultrapassar para serem admitidas e (re)conhecidas no contexto académico e/ou profissional, tradicionalmente dominado por uma lógica patriarcal.

In “Introdução”, Ana Luísa Amaral e Marinela Freitas

Ano de Edição:
2019

ISBN 13:
978-989-746-221-4