O Poder Médico no Estado Novo (1945-1974)

Rui Costa

U.Porto Edições, 2009

Quem quiser conhecer e falar sobre a saúde em Portugal tem obrigatoriamente que ler este livro. É um livro absolutamente essencial! (Paulo Mendo)

Este é um trabalho feito com minúcia, com rigor, com todas as responsabilidades da investigação científica. Tem um carácter de seriedade universitária. Todos os factos são justificados. (Paulo Mendo)

Situada na área da História da Saúde, a presente obra é um contributo para a compreensão das relações entre os médicos e o poder político no contexto do Estado Novo. Assumindo-se como uma digressão histórica pela emergência e construção de uma das componentes estruturais do sistema de saúde em Portugal, a saber, o poder médico, é ainda possível apreciar a emergência das transformações a partir das quais se verifica o processo de estruturação e consolidação da profissão médica em Portugal.
O presente livro funciona também como um guião para o enquadramento histórico, social e político desse processo, o qual culmina na fase marcelista, com a reorganização hospitalar e a criação da carreira pública para os médicos, a par de outras alterações conducentes a um sistema de saúde que começava a ganhar forma.

Índice

Imagem da capa para download

Ano de Edição:
2009

ISBN 13:
978-989-8265-12-8