Astronomia

  • Seis Breves Apontamentos de Cosmologia Contemporânea

    Orfeu Bertolami

    Jorge Páramos

    U.Porto Edições, 2016

    A Cosmologia é uma das mais pujantes áreas da investigação da Física contemporânea. Mobiliza vastos recursos teóricos e experimentais: estes materializam-se em missões espaciais, programas observacionais que visam compilar catálogos astronómicos com uma extensão jamais vista, e recursos de computação e simulação que estão no limite das capacidades hodiernas em termos de complexidade, armazenamento e manipulação de dados. Esta riqueza de implicações só é possível graças à maturidade teórica que a Cosmologia atingiu nas últimas décadas. Nesta breve introdução à Cosmologia Contemporânea, os aspetos observacionais e teóricos mais salientes da ciência do Universo são descritos e teorizados. Tendo como ponto de partida a Teoria da Relatividade Geral, o livro discute a história térmica do Universo, a necessidade de um período primordial de expansão acelerada, a inflação, as propriedades mais marcantes da radiação cósmica de fundo, a problemática da matéria e da energia escura, e a hipótese de construção de descrições cosmológicas alternativas com base em teorias da gravitação que não as baseadas na Relatividade Geral. Os temas abordados fazem deste livro uma obra particularmente útil para um curso introdutório de Cosmologia.

  • Do Big Bang ao Homem

    Frederico Sodré Borges

    António Amorim

    Helena Couto

    João Pais

    João Pedro Cunha Ribeiro

    Nuno C. Santos

    Octávio Mateus

    Orfeu Bertolami

    U.Porto Edições, 2015

    Coletânea de textos resultantes de um conjunto de palestras que tiveram lugar na Reitoria da U.Porto, no âmbito da Exposição Terra em Transformação. São debatidos temas de uma vastíssima problemática: da origem do Universo à origem da vida e do homem, passando pelo aparecimento dos planetas, da Terra, das plantas e dos animais. Ao leitor é permitido vislumbrar a riqueza conceptual e metodológica de diversas disciplinas de investigação, mas acima de tudo, de perceber as ideias centrais de cada tema e o esforço de articulação das distintas áreas do saber. Somos todos cidadãos do Universo, mas só através do entendimento dos aspetos centrais do conhecimento integral que temos do mundo é que podemos efetivamente usufruir desta cidadania