Novidades

  • Eletrónica. Uma Visão de Projeto

    Pedro Guedes de Oliveira

    Dinis Magalhães Santos

    U.Porto Edições, 2018

    Eletrónica — Uma Visão de Projeto pretende cobrir os conhecimentos essenciais de eletrónica para um engenheiro eletrotécnico, quer do ponto de vista dos dispositivos quer dos sistemas. Além dos conhecimentos básicos fundamentais do comportamento dos semicondutores, aborda, entre outros, os amplificadores operacionais, os conceitos mais importantes da eletrónica digital, as questões ligadas à retroação e à estabilidade, a conversão digital-analógica e analógica-digital, e ainda áreas complementares como a eletrónica de potência e o ruído. Dirige-se sobretudo a alunos dos cursos de licenciatura e da parte escolar do mestrado, pretendendo ser um texto base a ser ministrado em três ou eventualmente quatro semestres. A abordagem proposta é uma abordagem de projeto, querendo dizer que se dirige a leitores que terão, na sua vida profissional, de projetar circuitos e sistemas eletrónicos com alguma complexidade.

  • Uma Coisa Chamada Hermenêutica

    Ricardo Namora

    U.Porto Edições, 2018

    À superfície, o termo hermenêutica é relativamente fácil de usar, uma vez que denota de modo transparente capacidades gerais da espécie humana como as de interpretar, explicar ou traduzir expressões de sentido. No entanto, o facto de o seu modo de funcionamento ser dúplice (ele inclui tanto operações gerais quanto exercícios singulares), arrasta essa consideração de senso comum para um terreno altamente problemático - mas, e por isso mesmo, fascinante e exigente. Este ensaio aspira, assim, a radiografar, historicamente, esse estado latente de ambivalência entre preceitos gerais e manifestações particulares, com especial atenção ao modo como a história da hermenêutica (desde Hermes a Santo Agostinho, passando pelos Românticos alemães e pelos grandes pensadores do século XIX como Chladenius, Ast, Wolf e, sobretudo, Schleiermacher) supôs uma refração do campo até se chegar ao conceito estrito de "hermenêutica literária" dos diversos formalismos do século XX.

  • Hernâni Monteiro Figura Eminente da U.Porto

    Amélia Ricon Ferraz

    U.Porto Edições, 2018

    O Doutor Hernâni Bastos Monteiro (1891-1963), Académico ilustre, Investigador prestigiado e Intelectual com vasta obra científica e humanitária ao serviço da Ciência, da Cultura e da Comunidade foi, ao longo da sua vida, alvo das mais significativas manifestações de admiração e de afeto e inúmeras vezes agraciado. Após o seu falecimento multiplicaram-se as expressões de reconhecimento pelo seu legado. A Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, a convite do Magnífico Reitor, indicou, de entre os professores que mais honraram a sua história, Hernâni Monteiro para Figura Eminente da UP no ano de 2014. No decurso de um ano, desenvolveram-se várias iniciativas, apresentadas na presente Edição, que constituem um novo e significativo tributo ao Homem e à Obra do homenageado.

  • Luis Inacio Woodhouse (1857-1927). O Professor e a sua Obra

    Maria do Céu Silva

    Maria Luísa Magalhães

    U.Porto Edições, 2018

    Este livro dá a conhecer uma figura incontornável do Ensino da Matemática no Porto, Luis Inacio Woodhouse. Durante mais de quarenta anos, Luis Woodhouse teve uma carreira académica e científica preenchida. Como professor na Academia Politécnica do Porto, e, depois, na FCUP, aliou à docência o desempenho de diversos cargos que permitem apreciar a sua versatilidade e competência. Além das instituições de ensino já citadas, duas outras beneficiaram das suas capacidades científicas e pedagógicas, o Instituto Industrial e Comercial do Porto e o Instituto Superior de Comércio do Porto. A sua contribuição para a melhoria do ensino matemático foi relevante em todos os graus de ensino desta disciplina: elaborou propostas de projetos de reforma curricular no ensino superior, foi júri e relator de exames liceais, teve um papel de destaque na Junta Escolar. No campo científico produziu trabalhos de Matemática e de História da Matemática, que lhe abriram as portas à Academia de Ciências de Lisboa, da qual foi membro correspondente. Um professor exigente, afável e justo, assim o reconhecem colegas e alunos.

  • A "Renascença Portuguesa"

    Pensamento, Memória e Criação

    Celeste Natário

    António Braz Teixeira

    Jorge Teixeira da Cunha

    José Carlos Seabra Pereira

    Manuel Cândido Pimentel

    Manuel Gama

    Renato Epifânio

    U.Porto Edições, 2017

    Estamos perante um conjunto extremamente interessante e valioso de reflexões que abre horizontes sobre as influências exercidas por algo que se tornou um verdadeiro movimento cultural, cujo alcance e significado não pode reduzir-se a um campo fechado e exclusivo. Falar da “Renascença Portuguesa” é considerar um impulso fundamental na vida cultural do século XX, indispensável para a compreensão dos diversos caminhos que foram abertos e seguidos pelos intelectuais mais significativos da contemporaneidade. Um ponto de encontro fundamental constitui denominador comum entre os participantes na “Renascença” que o da defesa do audacioso desígnio: “viabilizar uma democracia lusitana” de que se esperaria surgisse o “homem novo” e o “homem livre”. A verdade é que o tempo veio a revelar que tal objetivo mobilizador tornar-se-ia muito mais perene e influente do que poderia parecer à primeira vista – começando pelo sentido poético de Teixeira de Pascoaes, passando pela lucidez política e social de Proença, Cortesão e Sérgio (depois reunidos na “Seara Nova”) e finando na linha modernizadora de Pessoa e de tudo o que Orpheu representará. (Guilherme d’Oliveira Martins)

  • Análise de Fourier para Engenharia Eletrotécnica

    Francisco Vaz

    U.Porto Edições, 2017

    Fourier propôs no início do século XIX uma metodologia que permitia representar funções arbitrárias em séries de funções trigonométricas. Esta proposta foi recebida com reservas pela comunidade matemática, mas foi inspiradora de muita investigação durante os séculos XIX e XX que tornou possível a gama de instrumentos hoje disponível, genericamente designada por Análise de Fourier. O desenvolvimento dos computadores digitais abriu novos campos de aplicação, tornando a teoria de Fourier indispensável para o desenvolvimento, por exemplo, da imagiologia clínica ou para as modernas técnicas de televisão digital. Neste livro apresentam-se os principais aspetos da teoria de Fourier: a série e a transformada de Fourier, a introdução da teoria das distribuições, a adaptação ao mundo digital moderno com a transformada discreta e a extensão da teoria a espaços multidimensionais, especialmente a duas dimensões, permitindo o tratamento de imagens. É ainda incluído o estudo da sua aplicação a sinais não estacionários, procurando-se uma caraterização simultânea no tempo e na frequência. O texto apresenta as noções elementares e as suas ligações a aplicações, logo confrontadas com os problemas que levantam, usando uma linguagem matemática rigorosa. É um livro que pode ser usado numa disciplina introdutória, mas que é pensado para ser usado por estudantes de pós graduação que necessitem aprofundar conceitos de análise e processamento de sinal.

  • Diálogos

    Aurelio Vargas Díaz-Toledo

    U.Porto Edições, 2017

    Estudo e edição crítica dos três Diálogos escritos por Francisco de Moraes, mais conhecido por ter sido o autor do Palmeirim de Inglaterra (ca. 1544), a melhor novela de cavalarias do século XVI. O Diálogo entre um fidalgo e um escudeiro, o Diálogo entre um cavaleiro e um doutor, e, por último, o Diálogo em estilo jocoso entre uma regateira e um moço da estribeira, são dados à luz numa publicação que, pela primeira vez, tem em conta tanto a tradição manuscrita como a impressa. Aurelio Díaz-Toledo apresenta, para além de uma contextualização de cada um dos textos e da sua problemática, uma série de apêndices que ajuda o leitor a ter uma melhor compreensão daqueles, tais como um Glossário, uma Listagem de alusões históricas e uma Bibliografia atualizada.